VW Saveiro 1997 1.8 Turbo: 4 anos de restauração e preparação

“Peguei ela no osso” comenta Mario Eduardo, proprietário e paciente restaurador deste impecável carro. Que, onde o estaciona chama muita atenção por sua conservação, pintura e em seus detalhes.

Segundo Edu, este carro era utilizado para cargas, de uma empresa de cadeira de rodas e, quando comprou estava em péssimo estado de conservação, por isso, acabou levando cerca de quatro anos para deixá-la neste estado de zero km.

“O carro estava todo riscado na lateral, bancos e carpetes estragados (pois já havia pegado fogo), catalizador entupido e uma série de peças estragadas” diz Edu.

Ele começou então a desmontar todo o carro e literalmente jogar fora tudo aquilo que não prestava, simplesmente ia desmontando e jogando no lixo, até os vidros.

Após uma boa “funeca” na lataria, houve a necessidade de trocar o capô e a tampa traseira, da qual tem detalhes em madeiras que ele mesmo restaurou. Veio então a escolha da cor, o vermelho Flash do VW Gol mais recente. Além das maçanetas alisadas e sem fechaduras.

Enquanto isso, o motor 1.8 estava sendo montado com miolo de Audi, virabrequim e pistões forjados, para aguentar o kit turbo que fora instalado. Pois, ao terminar toda a parte de funilaria e pintura o carro já recebeu este motor apimentado.

Ainda embaixo do capô, encontra-se uma turbina .50 com rotor 53/51, um coletor dimensionado pulsativo e a injeção eletrônica da Saveiro 97, porém, agora com módulo de injeção e ignição eletrônica programável, com display touchscreen no painel central, já que, anteriormente o sistema original estava dando falta de combustível a 200km p/h.

E para empurrar todo este combustível, foram instaladas duas bombas do Gol GTi, um Cash Tank feito artesanalmente e mangueiras de meia polegada. Mas não pára por aí. Outras peças foram retrabalhadas para aumentar a potência e suportar a pressão, como o corpo de borboleta, cabeçote e comando (49G). E para melhorar o resfriamento da turbina um Intercooler, que, por ser cromado acabou incentivando a cromar outras peças do motor.

O câmbio também sofreu alterações, com a primeira e terceira marchas forjadas mais um blocante de 80%. A embreagem utilizada é de cerâmica (com 6 pastilhas, pista larga e molas). O volante do virabrequim foi aliviado e depois mandou balancear todo este conjunto “vira + embreagem + volante”.

Na alimentação de energia, foi instalado um distribuidor de Golf 1.8 de janelas iguais. No sistema de freios, discos ventilados e pinças de VW Santana. E ainda por baixo dos pára-lamas, Edu, preferiu deixar a suspensão fixa em uma altura ideal para seu projeto. Rodando com pneus 195/45 e rodas modelo Orbital de aro 16″.

Edu diz ainda que “a parte mecânica e preparação foi feita aos poucos na garagem de casa, com a ajuda do meu primo Rafael (Canudo), que por muitos anos trabalhou em uma conceituada oficina de São Paulo”.

Este carro é tão novo que, até seu novo painel de instrumentos, também do Gol GTi, marca somente 3 mil quilômetros rodados, pois desde pronto, ele o utiliza somente em raros momentos, por exemplo, eventos como Autoshow Collection, onde foram realizadas as fotos.

Ainda na parte externa, para enxergar a muitos metros de distância, já que a velocidade pode ser grande, foram instaladas lâmpadas de Xenon tanto nos faróis quanto nos milhas.

Na parte interna, seu foco foi nos acessórios de conforto desta geração, como retrovisores e vidros elétricos e o raro banco de Saveiro Surf, do qual é reclinável. Mas também o conhecido volante do Gol Rallye, contagiros RPM com shift-ligh (Monster), manômetros no painel central e acima deles um DVD retrátil. Que reproduz o som nos alto-falantes de 6″ nas portas e uma caixa vedada de 12″ com 300wrms atrás do banco do motorista, empurrado por um módulo de 460wrms.

Fonte: autocustom

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: