Ventos de mudança

Quando em 1974, o primeiro Passat testado no Brasil trafegava pelas ruas e estradas cariocas, nem o mais admirado fã da Volkswagen sabia que aquele carro seria tão bem recebido pelo consumidor brasileiro e tão modificado ao longo dos anos.

Os modelos L e LS foram apresentados pela primeira vez no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, em 1974

No Brasil foram lançadas as versões L e LS (Luxo e Luxo Super). O Passat era um sedã de 860 quilos e 4,18 m de comprimento.O carro era o primeiro veículo que a VW brasileira lançou com motor dianteiro, refrigerado a água e tração dianteira. A opinião pública se dividia entre quem era a favor da evolução e quem era contra, já saudosista dos refrigerados a ar. Os mecânicos das oficinas da época não conheciam a tecnologia e receberam treinamento da própria fábrica.
O teste mostrou que apesar das inseguranças, o Passat seria bem recebido. “O sistema de direção e o de tração são o ponto alto do carro. Usando juntas homocinéticas internas e externas, o sistema de tração é suave e, com a direção leve faz com que o motorista menos avisado não descubra que o Passat tem tração dianteira”, e de fato a direção devia ser muito leve, pois ao final do teste, um das recomendações era buscar se acostumar com o carro, que tinha respostas rápidas ao menor movimento do motorista.

O Passat dos pilotos Rogério Santos e José Coelho em 86 no Campeonato brasileiro de marcas, em Interlagos e o modelo TS (Touring Sport)

Também se falava da segurança que o sedã oferecia: “Um ponto positivo na segurança do Passat é a utilização nos bancos dianteiros do cinto de três pontos. É o segundo carro nacional a utilizar esses cintos, tendo sido o Alfa Romeo 2300 o primeiro”. O único detalhe que não agradou muito foi o posicionamento da alavanca de câmbio, que poderia ser mais recuada, e fazia o motorista desencostar do banco na hora de engatar.

O Passat enfrentava concorrência do Corcel, do Dodge 1800, e também do Chevette 1.4, ainda que de menor porte. Naquele ano, ele ganhava o título de “Carro do Ano” da Autoesporte. Prêmio que ganhou novamente em 1980.

Em 1976, surge a versão esportiva TS (Touring Sport), que também se tornaria um clássico, com um motor 1.6 e 80 cavalos, e fazia em média 12 quilômetros por litro, uma média boa para carros da categoria. Em 78 ganhava alguns equipamentos de conforto, como ar-condicionado, assim como dava mais precisão ao câmbio.

Volkswagen Passat LS/ Dacon em 1974 e o 2.0 Turbo em 2007

O Passat também foi o segundo carro movido a álcool no Brasil, primeiro recebeu adaptação para a versão 1.5 e depois também para os veículos 1.6. Depois de sanar os defeitos, e oferecer uma série de opções o Passat já estava consolidado quando a Chevrolet lançou o Monza em 1982, que passou a disputar a mesma fatia do mercado de automóveis.

A VW começou a fazer importantes modificações no Passat, como o aprimoramento na caixa de câmbio e implantando o motor MD 270. Em meados da década de 80, o sedã também ganha para-choques de plástico injetado, um painel novo e o câmbio de cinco marchas. Ainda assim, o Passat não recebia a mesma atenção da VW, que carros como o Gol e o Santana tinham. Em 88, o Brasil não iria comercializar a terceira geração do Passat, e só em 93 iria importar a quarta geração, lançada no Salão de Genebra.

O Passat CC ocupa o mesmo segmento de carros Mercedes-Benz, BMW e Audi

A partir de 96, o Passat sobe para o segmento de carros mais sofisticados, como o Audi A4, e recebe motores 1.8, 2.0, 2.3 e 2.8, além de um 4 cilindros 1.8 Turbo e 2.8 V6.

O mais novo Passat é o CC, cheio de equipamentos e ocupando o mesmo segmento de carros Mercedes-Benz, BMW e Audi. O motor é um 3.6 V6 FSI, 300 cv a 6.600 rpm e torque de 35,6 kgfm entre 2.400 e 5.300 rpm. Como opcional, a Volkswagen oferece teto solar panorâmico e controlador da velocidade com ajuste de distância. Em 2009, ele completa 35 anos no Brasil, sobreviveu a todos os rivais da década de 70 e os surgiram depois. Agora, além de sofisticado, virou um clássico.

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: