VW Pine, o carro que quase evitou o nascimento do Apollo

Um Ford Verona, o projeto do VW Pine, e o resultado do aborto do mesmo, o aberrativo Apollo

No final dos anos 1980, a VW e a Ford uniram-se no Brasil e na Argentina, criando um grupo chamado Autolatina. A idéia por trás da associação era a troca de tecnologia entre as duas empresas. A Ford dominava em termo de conforto e fazia carros muito bonitos, mas sua tecnologia de motores era absolutamente ultrapassada, enquanto a Volkswagen tinha o motor AP, possivelmente o melhor já inventado até então.

Como resultado da união, a VW passou a fabricar clones de carros da Ford em segmentos nos quais não tinha nada a apresentar, e a Ford começou a fazer a mesma coisa, em contrapartida. Mas isso tudo é história. Vamos ao carro.

Em 1989, a Ford lançou o Verona, um sedã derivado do Escort, que em sua versão 1.8 utilizava o motor AP cedido pela Volkswagen. Um carro estável, relativamente bonito (parecia uma versão Premium do hoje inconteste clássico Escort) – enfim, tinha seu valor.
A Volkswagen, então, tratou de começar o projeto do seu próprio Verona-clone. Era o VW Pine, um carro que deveria usar a estrutura básica do Verona, mas com profundas alterações estéticas, linhas modernas e um desenho mais sóbrio (se olharmos bem, lembra até um pouco o Santana arredondado que sairia anos depois).

Parecia que tudo daria certo, mas a VW foi muquirana naquela hora: resolveu lançar um carro mais parecido com o Verona, mudando basicamente a grande frontal e os emblemas (da Ford para a VW), mais alguns detalhes, e pronto. O resultado desta “gambiarra” foi o infame VW Apollo, que saiu em 1990 e foi descontinuado em 1992, dando lugar ao Logus. O Verona original, só para quem não sabe, seguiu em fabricação até 1996, substituído pelo Escort Sedan.

O Pine, se tivesse sido levado adiante, talvez obtivesse resultados melhores do que o esquisitão Apollo. Simplesmente porque era uma idéia visivelmente melhor e pronto. Tem decisões que só Freud explica.

Anúncios

Tags:, , , , , ,

One response to “VW Pine, o carro que quase evitou o nascimento do Apollo”

  1. Nycolas says :

    Matéria interessante. Certamente a Ford foi mais feliz com o Verona, principalmente na versão GLX. O curioso da foto é que, ainda que o Pine fosse um “outro” carro, percebe-se a inspiração no modelo da ford, como na porta lateral e nas calotas (presentes no Verona LX).

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: